terça-feira, 5 de agosto de 2008

De repente


Era sábado. De repente, ela se cansa de lavar os pratos de sua casa, numa pia de inox , que refletia sua imagem. De repente ela deixa de lado o detergente e a esponja de aço, e caminha até o seu quarto.
Senta em sua cama, e tira as sandálias de seus pés. E deita. E pensa. Pensa em pegar sua caixa onde veio o celular. Era lilás, sua cor preferida.

Nela, guardara bilhetes, cartas e fotos de seus amigos. Muitos, é verdade, ela não vê mais e nem sabe de notícias.

E lê. Relê. E uma saudade imensa a acomete. Saudade dos risos, das fofocas, dos mestres, das aulas de Educação Artística. E de repente, aquela caixinha a transporta diretamente ao encontro de acontecimentos antigos. E chora. E quanto tempo fazia que não chorava assim . E ri. E quanto tempo fazia que não ria assim. De verdade. E queria voltar. De alguma maneira, mas queria voltar. E olhou para o presente. E viu o tempo sorrir para ela.
O tempo pôs a mão em sua cabeça e a ensinou, naquele breve espaço de hora, que ela pode crer em mudanças quando duvida de tudo. Ensinou que ela não pode mudar o mundo conforme o seu coração, e que é preciso mudar um pedaço de horta, uma paisagem, um homem. E a verdade é que eles mudam. Mesmo.

E o tempo a ensinou"de repente, não mais que de repente ", já dizia um grande poeta .

9 comentários:

Niinaa disse...

, Esse teextoo é nossa caraa !
Nossa ficoo veendoo, commo noos separaaammoos;
Cadaa umm pruumm laadoo !
Saaudaaadees aaammiigooos !
Niinaa*

quety disse...

Bruh..

O blog tah perto..
Te dollo
♥♥♥

Tyciara Olvieira: disse...

Olá, vi o link do teu blog lá no orkut de Diana, rs. :)
Bem, quando comecei a ler esse texto, pensei que vc fosse fazer uma critica mais profuda em relação as empresas multinacionais instaladas aqui no Brasil, a nossa economia globalizada e tal. Tô meio complexada com isso ultimamente, to estudando demais, rs.
Mas, ele foi pra outro lado que eu também gosto muito, nostalgico assim e tal. Eu tenho uma caixinha assim, que guardo cartas, cartoes, objetos, fotos...
Em brve farei um post falando de cartas, um habito que tenho: me corresponder por cartas, ainda que, vivemos num mundo tão interligado e moderno. Enfim;
Seu blog tá indo por um bom caminho!
(Vou te linkar lá no meu blog)
Beijomeliga.

Danielle disse...

ei bru!
adorei esse texto..no começo tb pensei q tu ia criticar a globalizaçao..rsrsrs
+ fikou massa o rumo q o texto tomou dpois..
tem tdo a ver ,gostei msm ;)

bjOw

marcos andré disse...

Oie Prima...
Adorei o texto, me diverti bastante quando li.
Ficou massa...
Bjosss

toyota disse...

ehuhehe!
Bhu me convidaa p essa formaturaa viuu! O Mulheriu da sua sala! rapaxxx, so as gatss! eheuheuhuheheh
(pertubando)

bjaummmmm

Sarah disse...

Oi Bruh até q enfim vou fazer um comentário! é esse blogggeeerrr tá d+!!! Sua kra! Mesmo q eu ñ veja vc depois da escola, vou entrar sempre ak p/ te "ver" rsrsrsrs
Bjão no coração, te amo!

haiane disse...

É amigaa, eu sempre leio as nossas cartas i conversas,nossos babados,nossas risadas no papel..Sempre vou lembrar desses momentos de alegrias qe passei com vc ! Pq vc foi i sempre será uma das pessoas mais importantes da minha vida,pq a gente não se separoou,apesar da distância..vc encontrou novos amigos,novos melhores amigos,novas cartas,novos papeiS rolando pela sala,novas compainhiaas pra sair,pra resenhar,pra contar seus maiores segredos..enfim,,mas não deixou de ser minha melhorr ! PQ eu sempre vou ti amar..EU TE AMOO !
E sempre continue essa linda menininhaa qe preferi mudar pra não se magooar ,sem percebeer qe mudar de repente pode seer o melhor da vidaa !E nao iskece... EU TE AMOO ♥

Naiara disse...

certamente ,muita gente se identificou com o texto. parabéns, está ótimo ! :*